Moradias Irregulares

Primeiro documentário!

Anúncios

coisas do processo.

Aprendizado, pessoas novas, idéias sonhadas, pensamentos abstratos, amigos novos, café filosófico repentino, medo, tensão, vida nova, descobertas, cheiros estranhos, direitos humanos, miséria, realidade discutível, simpatia sincera, fome de comida, paisagens inesperadas, 2 faltas no trabalho, compreensão e afins…

Aprendi que tenho que sair mais da frente do meu computador e procurar os processos criativos para ajudar…

Obrigada Agentes Marginais do ImaRgem, Gorete, D. América, Vico, Spina, Maristela, Criolo e um monte de gente que ainda está por vir…
É, por ainda não acabou, mas já está valendo a pena…

Frase que marcou o processo:

‎”os caras falam de violência, mas pra mim é um pacote: o desemprego é uma violência, falta de perspectiva é uma violência. A falta de áreas de lazer para os jovens é uma violência. A fome é a maior de todas as violências.” Ivan Cariri – Projeto Morro da Macumba

Por Mariana Belmont

por Mariana Bernun