anseios e angústias de um passado, que passou…

E 2012, finalmente, começou!

Lembrei dessa foto e pensei no que passou, nessa época, nos meninos, o que eles são hoje, o que foram, o que significaram…

Pensei no meu irmão, pois foi ele que me deixou aqui como em uma cena de filme, que depois de uma briga um dos dois se vai e deixa o outro no meio da calçada sem palavras e sem ação. Ele foi e não me deixou falar, não me deixou ouvir mais e nem disse o que queria dizer. Ainda não entendo e há de existir uma explicação lógica para esse lance de perder pessoas, mas se não houver nunca vou entender e aceitar…

Não há de existir outro sorriso, outro olhar ou outra voz rouca como aquela, não há…

Do passado? Não tenho o que reclamar, mas só tenho anseios e angustias de um passado que já passou…

Título (opcional)

Anúncios

Alguém conhece a Joana?

Joana sempre teve histórias tristes e sempre falou de coisas tristes, Joana não tem ninguém…

Joana já teve, mas agora não tem, ela teve irmão mais velho que era bonzinho que só, falava besteira e bebia que só…

Hoje Joana anda sozinha nas ruas do centro, e só pensa em deixar esse mundo, só não se sabe o que Joana esconde dentro do coração, só Joana sabe…

Joana mora sozinha por aí, mas também não se sabe com quem e se dorme bem…

Ela chora todas as noites, como besteira e conversa com a própria sorte…

Ah, Joana tem redes sociais, sabe muito bem lidar com orkut, facebook e twitter, mas  só não sabe andar nas nuvens…

Joana quando criança brincava de tudo com todo mundo, achava que a vida ia ser leve o tempo todo e nunca se preocupou com isso de crescer, só queria viver…

Ela tem sonhos, mas prefere viver sem eles, afinal, pra ela andar sem eles é mais simples…

Ela já teve um pai, mas não sabe como ele era, sabe que teve, só não sentiu seu cheiro nem passeou de mão dada na praça com ele…

E como já foi falado ela chora sempre, chora de saudade das pessoas que amou e foram de repente…

Bom, amigos? Siiiim, ela tem amigos e muitos, a verdade é que não sabe muito bem lidar com eles, mas eles sabem que ela estará lá para ajudar se assim for necessário…

As palavras não explicam Joana, é só observar seu jeito e seu olhar…

Ah, a música explica um pouco Joana, ela gosta de tudo um pouco de coisas boas e ruins, mas gosta de andar, sentir o vento e ouvir músicas simples no seu fone…

Gosta de samba, mas gosta de Beatles e sabe que “Let it be, let it be” foi feita pra ela…

A vida de Joana é modesta e se resumi em sorrisos e lágrimas que ela “produz” com o desenrolar da vida…

Menina complicada essa Joana…rs

Amigo imaginário!

Depois dos ocorridos dos últimos dias, sim, eu deveria ter ficado com meu amigo imaginário, não entendi o por que de trocá-lo por um amigo de verdade…

Ele me entendia e me apoiava, não gritava comigo, me ouvia, estava comigo nas noites de solidão e quando eu chorava eu sabia que ele estava lá mesmo em silêncio, aliás, acho que era isso que me fez gostar mais do meu amigo imaginário…

Ahh meu deus, o silêncio, o não ouvir “Você está errado”, o não deixar a pessoa trilhar a sua vida sem você lá…

Meu amigo imaginário me deixava viver, não dizia que meu barbudo é o cara errado, não me dava conselhos tortos, não me esquecia no final de semana, não não não!!!!!

Ele sempre estava lá, mesmo nas horas que eu não me importava com ele…

Ninguém nunca acreditou que eu tinha um, achavam que estava ficando maluca, mas por que se importar agora? para que acreditar em mim, nada disso vai me ajudar…

Mesmo assim, olhando as fotos ainda acredito que tenha acontecido momentos melhores com meu amigo real, e sinto falta dele…

Mesmo ele não sendo mais o mesmo…

#quefaseamigos