algumas.

Ela ouve novos baianos
como se não houvesse
um tal amanhecer.

saudade de compartilhar felicidade
com ele.

desapego
ou talvez
desemprego.

é macumba, só pode ser
se não for eu mesma vou fazer
vou sambar naquela roda
com uma rosa na cabeça para enfeitar
e os pés descalços pra lutar!

Você desce a rua que passou boa parte da infância, a rua onde seu tio querido tinha uma barbearia toda linda e azul. Hoje ela esta fechada, sem vida, sem o clipe dos titãs, sem o tio Toninho. Você para compra uma revista na banca da frente e pergunta ao jornaleiro:

– o senhor conhecia o seu Antônio?
– Ele me faz tanta falta, não converso com mais ninguém. Era praticamente da família.

Acabamos por chorar juntos, ele me deu a revista e eu R$ 9,90. Mesmo assim prometi que amanhã passo aqui para conversar sobre o Palmeiras.

Saudade, tio Toninho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s